JusticaO TJPE condenou o município de Goiana em favor da médica associada Priscila Costa, o qual não tinha pago o saldo de salários , 13º salários e férias.

Após o desligamento e ciente de seus direitos, a médica procurou a Defensoria Jurídica do Simepe, que acionou a justiça. Ajuizada a ação, o juiz da comarca de Goiana condenou o município que recorreu ao TJPE.

Entretanto, o TJPE confirmou a sentença, determinando o pagamento das pendencias rescisórias corrigidas e com juros.