Médicos da rede municipal de Jaboatão dos Guararapes que trabalham em ambulatórios, policlínicas e do   Estratégia Saúde da Família (ESF) estiveram reunidos em Assembleia Geral (AGE), na tarde desta terça-feira (10/10), na sede do Simepe, bairro da Boa Vista/Recife. Em pauta: avaliação das negociações com a gestão municipal.

Durante a reunião, sob a coordenação da diretora executiva, Malu David, e que contou com a presença da a gerente de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Vivian Alves, foram discutidas as reivindicações e negociações junto à Secretaria Municipal de Saúde desde janeiro deste ano.

Os profissionais relataram as precárias condições de trabalho e insegurança nas unidades de saúde ( Cajá e Engenho Velho), o que está gerando
“ sensação de medo” e dificuldades de atendimento aos pacientes e assistência médica.. Eles reivindicaram também reajuste salarial e revisão do PCCV – Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos.

Em relação ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), os profissionais disseram que não estão recebendo o incentivo adicional anual desde 2016. No entanto, este ano a parcela foi menor em relação às outras categorias. Os profissionais estão insatisfeitos.

Em resposta às reivindicações da categoria médica, a Secretaria de Saúde de Jaboatão dos Guararapes informou que diante da grave crise fiscal do município encontrada, bem como o impacto financeiro de acréscimo salarial na folha de pagamento, além das consequências quanto ao limite relativo aos gastos com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), portanto, não será possível neste momento qualquer aumento salarial para a categoria. A avaliação da Secretaria da Fazenda garante não haver disponibilidade de aumento do repasse de verbas à Secretaria de Saúde. .

Diante deste novo cenário político-sindical, a diretora executiva  do Simepe, Malu David, agendou uma reunião em caráter de urgência com o secretário de Saúde, Alberto Luiz de Lima para a próxima segunda-feira, dia 16/10, às 11h, no na sede do Sindicato, em busca de . Ao mesmo tempo foi marcada uma AGE para o dia 24/10, às 15h, no Sindicato.