Para comemorar 10 anos de fundação, o bloco  “A Cobra de Hipócrates” organizado pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) arrastou, nesta quarta-feira (27/02), uma multidão de médicas e médicos foliões pelas ruas do Recife Antigo. Ao som de uma orquestra de frevo, onde  ritmo,  harmonia e evolução do naipe de metais (saxofone, trombone e trompete) somaram-se as batidas dos instrumentos de percussão e transformaram o desfile numa festa arrojada. Passava das 21h, quando o bloco ganhou às ruas do Apolo, da Guia, do Bom Jesus, passando pela Avenida Marques de Olinda e retornando pela Avenida Cais do Apolo. Vários bonecos gigantes, entre eles, Alceu Valença, Hipócrates, Chico Science, Sicredi, entraram no passo do hino: “Olha a cobra, olha a cobra, olha a cobra de Hipócrates…” de autoria do médico/compositor Reginaldo Siqueira, que levantou os foliões.

NI7A1170

A concentração aconteceu no inicio da noite, na Di Branco Buffet e Recepções, localizada na rua do Apolo, onde o Simepe montou uma excelente infraestrutura, com garçons, seguranças, serviço de limpeza e corpo funcional, para atender bem aos médicos associados, familiares e parceiros da entidade sindical. A festa superou todas as expectativas. Para dar mais brilho a folia carnavalesca, os grupos musicais Patusco e D’Breck rechearam os salões da Di Branco, com ritmos de frevos e sambas de alta qualidade.

Vale registrar que os grupos fizeram uma “mistura quente” de ritmos diferentes e mostraram nova roupagem de grandes hits brasileiros, transformaram o local num dos mais animados. Muito samba, axé, frevo  e maracatu. Cores, luzes e emoções  romperam o silêncio da madrugada. O resultado foi vibração e alegria contagiantes, para celebrar os 10 anos da melhor prévia de Pernambuco.

Este ano, a festa da “Cobra de Hipócrates” homenageou a cantora Nena Queiroga, considerada a Rainha do Carnaval Pernambucano, figura quase que obrigatória nas festas de Momo. Um dos destaques da folia foi o médico e diretor do Simepe, José Tenório, que mais vez apresentou-se fantasiado de Hipócrates e enrolado em uma cobra artesanal e chamou a atenção do público presente. “O  Carnaval é festa, alegria e irreverência. Estive no desfile do ano passado.Foi sucesso total. Agora, a Cobra veio ainda mais “envenenada”, frisou.

NI7A1361

O presidente do Simepe, Tadeu Calheiros, bastante feliz com o sucesso da festa, afirmou que a “Cobra de Hipócrates” já está  consolidada no calendário dos eventos da entidade sindical. “É um momento em que podemos brincar com a família e os amigos, curtindo o grande carnaval de Pernambuco”, acentuou. Ainda de acordo com Tadeu Calheiros, a “Cobra” tem este ano um motivo especial, porque comemora 10 anos de fundação, levando sempre diversão e alegria, além de preservar a tradição cultural pernambucana.

“O carnaval é  uma festa característica do povo de pernambucano e o médico costuma aproveitar para se divertir nesse caldeirão multicultural, cheio de boas energias. A Cobra é uma grande confraternização da classe médica, um momento alegre, descontraído e divertido. Gostamos e curtimos bastante o Carnaval”, enfatizou a vice-presidente do Simepe, Cláudia Beatriz.

A Diretora Executiva do Simepe, Malu David, comentou que a festa e o desfile superaram todas as expectativas, trazendo os médicos e as médicas para curtir nas ruas do Recife Antigo o carnaval da melhor forma possível ao lado de familiares e amigos. “Comemoramos 10 anos com bastante disposição, entusiasmo e muito frevo no pé. Isso é gratificante e renova nossas energias para 2020”, destacou.

NI7A1576

Não há dúvidas que “A Cobra de Hipócrates” promete e cumpre, ou seja, há 10 anos transforma a semana pré-carnavalesca  numa festa das mais eletrizantes do Recife. Aproveitamos para agradecer aos nossos colaboradores, patrocinadores, parceiros e funcionários que escreveram mais uma página rica e histórica nos 88 anos do Simepe.

Viva “A Cobra Hipócrates”, 10 anos de alegria e animação!