Médicos da Policlínica Arnaldo Marques denunciam descaso

A realidade é a mesma para todos os profissionais que atuam na rede municipal de saúde do Recife, em
especial os das emergências. Tanto que, mais uma vez, o Simepe abriu suas portas na quarta-feira (23/05) para receber profissionais que denunciam o descaso com a qual pacientes e trabalhadores são submetidos pela gestão municipal. O encontro foi comandado pelo presidente da entidade, Tadeu Calheiros, e pela vice, Claudia Beatriz. Diante de toda essa situação crítica e cansados da lentidão das resoluções, ao final da reunião, a categoria deliberou – por unanimidade – a realização de uma grande e importante Assembleia Geral Extraordinária (AGE), dia 7 de junho, às 19h, no auditório da AMPE, envolvendo todos os médicos que trabalham nas unidades de urgência / emergência (Policlínicas Arnaldo Marques, no Ibura; Amaury Coutinho, na Campina do Barreto, e Agamenon Magalhães, Afogados, Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), além de toda a rede maternidades.

Entidades médicas fiscalizam UPAE de Caruaru

As entidades médicas de Pernambuco – Simepe e Cremepe – realizaram na quarta-feira passada (23.05), uma fiscalização conjunta na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), em Caruaru, no Agreste pernambucano. O objetivo foi dar continuidade à discussão sobre o numero de atendimentos dos médicos especialistas durante a jornada de trabalho. Segundo informações, os atendimentos ultrapassam a Resolução nº 1 de 2005 do Cremepe. O encontro contou com as presenças dos representantes do Simepe e Cremepe, além do gestor da unidade vinculada à Fundação Altino Ventura (FAV). As entidades médicas elogiaram a estrutura física da unidade, no entanto, expressaram preocupações com a sobrecarga de atendimentos na qual os profissionais estão expostos diariamente.Mais detalhes visite nosso portal: www.simepe.org.br.

Encontro Nacional das Entidades Médicas (ENEM) em Brasília

Mesmo com data de realização definida para os dias 29 e 30 de maio, o Encontro Nacional das Entidades
Médicas (ENEM) 2018 já é uma pauta importante e prioritária para todos os profissionais. Tanto que a
categoria se reuniu na quinta-feira (24/05) para discutir pontos que serão levados ao evento pelos médicos pernambucanos. O Fórum Pré-Enem foi organizado pelas três entidades médicas (Sindicato dos Médicos, Conselho Regional de Medicina e Associação Médica de Pernambuco). Durante quase duas horas de proposições importantes foram debatidos, como a formação do profissional médico; métodos de avaliação progressiva; melhoramentos necessários no Sistema Único de Saúde (SUS); mercado de trabalho; e questões referentes à saúde suplementar. Mais detalhes visite nosso portal: www.simepe.org.br.

Saúde mental do Recife pede socorro

A precariedade prejudica o trabalho dos profissionais e o tratamento de pacientes na rede de saúde do Recife. Os médicos que atendem a este serviço da rede municipal também não suportam mais tanto descaso e desrespeito. A categoria se reuniu na quarta-feira (23/05), na sede do Simepe, com a direção da entidade. O encontro foi comandado pelos diretores executivos Walber Steffano e Maria de Fatima Campos. Na oportunidade, o grupo discutiu as precárias condições de trabalho as quais os profissionais são submetidos para realizar atendimento psiquiátrico nos Centros de Atenção Psicossociais (CAPs) da rede. * Mais detalhes visite nosso portal: www.simepe.org.br.

Médico, o Sindicato é você! Não há sindicato sem luta. Não há luta sem sindicato!

Recife, 27 de maio de 2018
A DIRETORIA EXECUTIVA