No próximo dia 7 de abril (Dia Mundial da Saúde), entidades médicas de todo o país organizam o Dia Nacional de Advertência e Protesto aos Planos de Saúde. Será o quarto ano consecutivo em que os médicos se mobilizam em prol de melhorias no setor.

A data será marcada por atos públicos contra os problemas que afetam o setor suplementar de saúde e deverá ainda convergir com o início das mobilizações da categoria no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), também previsto para abril.

Além de reivindicarem a recomposição de honorários, as entidades médicas reajuste dos valores das consultas e procedimentos, através da Classificação Brasileira de Honorários e Procedimentos Médicos (CBHPM), o fim da intervenção dos planos de saúde na autonomia da relação médico-paciente e contra o descredenciamento imotivado.

Para marcar este dia, a Comissão de Honorários Médicos de Pernambuco (CEHM) em conjunto com a AMPE, Cremepe e Simepe, programaram uma Coletiva de Imprensa, às 07h30, explicando os objetivos da mobilização nacional de advertência às operadoras de saúde, apresentando os nomes das operadoras que não aderem a CBHPM.

Na oportunidade, o presidente do Simepe, Mário Jorge Lobo, apresentará uma nota das entidades médicas com a avaliação da saúde pública no âmbito nacional e estadual.

A Coletiva de Imprensa será na sede do Sindicato dos Médicos localizada à Av. João de Barros, 587 – Boa Vista/Recife.

Contatos: Mário Fernando Lins – Presidente da CEHM

9976.1808 – 9632.3126

Assessoria de Comunicação do Simepe

Chico Carlos – 9945.3973

Natália Gadelha – 9647.4000

Assessoria de Comunicação do Cremepe

Joelli Azevedo – 9998.2334

Mariana Araújo – 9994.6386