Com votação unânime, os Médicos da Rede Municipal de Saúde do Recife continuam em greve por tempo indeterminado. A categoria se reuniu na manhã desta quarta-feira (14/11), em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), na sede do Sindicato, para decidir os rumos do movimento grevista que se estende há quase 60 dias.

O presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Tadeu Calheiros; a vice-presidente, Claudia Beatriz; e os diretores executivos, Malu David e Walber Steffano, coordenaram a AGE. Na ocasião, discutiram as fiscalizações realizadas nas unidades de saúde, as denúncias dos profissionais e da população, a adesão positiva a greve e as próximas ações da categoria.

Os Médicos do Recife lutam por requalificação das unidades de saúde, abastecimento de medicamentos e insumos, reajuste salarial (com equiparação salarial com o Estado) e das escalas médicas e cumprimento do Termo de Compromisso firmado com a Prefeitura em janeiro deste ano.

A categoria volta a se reunir em AGE na próxima quarta-feira (21/11), às 13h30, na sede do Simepe, no bairro da Boa Vista.

020403