A rede municipal de saúde da cidade do Paulista, na Região Metropolitana do Recife, corre o risco de ter um “colapso” nos próximos dias, com a possibilidade de entrega dos cargos dos médicos aprovados em concurso público.

Os profissionais em conjunto com o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), reclamam da gestão da atual Prefeitura Municipal que, através da secretaria de saúde, está pagando salário-base muito inferior ao realizado por outros municípios do mesmo porte em Pernambuco.

O Simepe afirma que já encaminhou ofícios à municipalidade, em busca de discutir o problema e, até hoje não obteve respostas. “A luta e a mobilização da categoria seguem firmes. Vamos realizar no próximo dia 14 deste mês, às 18h, uma assembleia geral dos médicos que ameaçam entregar seus cargos, por conta das negativas da prefeitura”, frisou o presidente do Simepe, Tadeu Calheiros.

Os médicos afirmam também que falta diálogo, entendimento e interesse dos gestores públicos que não respeitam a categoria nem a população do município.

Com informações do jornalista Chico Carlos (SIMEPE)

Fonte: Blog Taís Paranhos