Em nota publicada pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco – SIMEPE, os médicos contratados pela Prefeitura Municipal do Moreno (RMR), estão demonstrando grande insatisfação com as medidas e atitudes tomadas pela gestão municipal de Saúde e ameaçam uma demissão coletiva. Duas reuniões com Médicos da Policlínica e o sindicato já aconteceram, intensificando as insatisfações.

A categoria vem se queixando de várias ações, entre elas as denúncias de “sobrecarga de trabalho, excesso no número de atendimentos – o que contraria a Resolução do Cremepe-, bem como as demissões sem justa causa de alguns profissionais.” Além destas queixas, “os médicos reafirmaram que atendem inúmeros casos de pediatria, clínica médica e ginecologia (em média, de 140 a 160 pacientes em um plantão de 12h), além de condições de trabalho precárias em relação à infraestrutura, falta de exames complementares, medicações, insumos, transporte inadequado para suprir as necessidades dos pacientes”.

Ainda segundo nota “o Simepe vai solicitar uma reunião emergencial com a Prefeitura de Moreno, em busca de informações e esclarecimentos. Uma nova Assembleia Geral Extraordinária (AGE), foi marcada para o dia 11 de julho (quarta-feira), às 19h, no próprio Sindicato, conforme publicação feita em rede social do mesmo Sindicato.

Fonte: A Voz da Vitória