Os médicos vinculados à Prefeitura do Recife, em greve por tempo indeterminado, desde o dia 21/09 realizam nesta quinta-feira (18/10), um ato pelo Dia do Médico, às 08h30, no Conselho Regional de Medicina (Cremepe), no bairro do Espinheiro. Os profissionais vão denunciar às precárias condições de trabalho e de atendimento nos postos de saúde, policlínicas, maternidades e Centro de Assistência Psicossocial (CAPs), vistoriados pelas entidades médicas. Além disso, os profissionais vão solicitar providências em relação às necessidades e serviços de assistência à população.

Os médicos reclamam que as reivindicações da categoria estão sendo tratadas com descaso pela Prefeitura, o que mostra o descompromisso completo, com a saúde da população. Os profissionais lutam pelo cumprimento integral do Termo de Compromisso, firmado, com a Prefeitura do Recife, em janeiro passado. O documento sinaliza por ações de melhoria nas áreas de segurança das unidades de saúde, nas estruturas físicas, que estão precárias; recomposição das escalas médicas, melhorias no abastecimento de medicamentos, principalmente na saúde mental, e equiparação salarial ao praticado pelo governo estadual.

*Nova Assembleia Geral da categoria, dia 24/10, às 09h, no auditório da AMPE, na Boa Vista/Recife.

Contatos: Assessoria de Comunicação do Simepe
Chico Carlos/Thiago Graf e Ana Flávia
99945.3973– 99647. 4000- 99225 – 7508

Fonte: Folha de Limoeiro