O Sindicato dos Médicos do Pará repudia a remuneração oferecida no edital de seleção temporária multiprofissional publicado pelo governo do Estado para preenchimento de vagas diversas para o Hospital Ophir Loyola. São oferecidas doze vagas para especialidades médicas, mediante um valor irrisório menor que dois salários mínimos (R$ 1.858,41). O Sindmepa não recomenda a adesão de médicos ao edital e considera falta de respeito do estado a oferta de uma remuneração tão vil.

Outra crítica que fazemos ao edital é o caráter temporário das contratações. Defendemos a realização de concurso público para médicos, com remuneração digna e Plano de Cargos e Carreira regulamentado pelo Estado. O edital vai preencher 45 vagas para a contratação de diversas modalidades de profissionais “estabelecendo as instruções para contratação de temporários que, a critério e necessidade da administração, poderá convocar candidatos aprovados por ordem de classificação, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público. Assim, não gerando direito adquirido do candidato aprovado à vaga ofertada”. Reiteramos, portanto, aos médicos que não participem da seleção para o PSS do Ophir Loyola.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa)