Tomaram pose na manhã da segunda-feira (1º de outubro) os novos conselheiros e integrantes da diretoria da gestão Cremepe 2018-2023. A solenidade foi iniciada pelo ex-presidente da entidade, André Dubeux. “Pra mim foi uma honra presidir essa casa”, disse Dubeux. Ele também ressaltou a importância do trabalho em equipe. “Apesar de o regime ser presidencialista, eu não conduzi essa casa só. Eu sempre tive comigo a diretoria e as decisões da plenária”, enfatizou.

O também ex-presidente do Cremepe, Sílvio Rodrigues, ressaltou o trabalho das gestões anteriores. “Todas as resoluções construídas nas gestões passadas viraram bandeira nossa. Nada é mérito pessoal, tudo é coletivo”, corroborou.

Sílvia da Costa Carvalho, corregedora nas gestões anteriores, enfatizou a experiência de fazer parte do conselho. “Seria ótimo se todo médico pudesse fazer um estágio de 2 ou 3 meses aqui no Cremepe para ter uma ideia mais exata do nosso trabalho. Não abandamos a Medicina, mas dedicamos boa parte das nossas vidas ao Conselho. Aqui vivenciamos a Medicina por completo, o lado bom e o lado ruim”, afirmou.

O médico Mário Jorge Lobo teve a missão de divulgar a proposta de composição da nova diretoria, que foi aprovada e agora passa a ser presidida pelo médico Mário Fernando Lins. A vice-presidência coube ao médico Maurício Mattos. “André Dubeux fez um trabalho brilhante, ele tornou o Conselho mais ágil e eficaz. Eu me muito emocionado por ser sido escolhido para presidir esta casa”, disse Mário Fernando Lins.

Até ontem (30/09) o médico André Dubeux esteve à frente do Cremepe ocupando a presidência. Agora ele passar a ser conselheiro efetivo da entidade, juntamente com 41 conselheiros.