Médicos Ortopedistas e Traumatologistas que atendem a operadoras de planos privados de saúde no Estado estiveram reunidos, na noite desta terça-feira (20), em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), na sede do Simepe. A reunião foi conduzida pelo presidente da Comissão Estadual de Honorários Médicos de Pernambuco (CEHM-PE), Mario Fernando Lins. Na pauta, avaliação e deliberação sobre as propostas de valores apresentados aos profissionais médicos, através das operadoras Amil e Unidas.

Depois de observações e análises, os médicos decidiram rejeitar a proposta da Amil, porque está aquém dos interesses da especialidade. Segundo eles, a rede referenciada já enfrenta problemas e dificuldades. Além disso, o valor pago pela tabela da AMB de 1992 é aviltante. Em relação a Unidas, os Ortopedistas e Traumatologistas estão bem próximos do fechamento do acordo devido a proposta solicitada. No entanto, faltam alguns detalhes que, certamente vão garantir mais uma conquista para toda a categoria. A CEHM-PE vai encaminhar ofícios às operadoras informando sobre o resultado da AGE.