Mais uma etapa da Semana Probem, organizada pelo Simepe, foi concluída com êxito, na noite desta terça-feira (14) mais precisamente na cidade de Petrolina. Diretores da executiva e regional, além de médicos associados participaram das palestras que abordaram os temas: Previdência Privada e Aposentadoria Especial, ministradas por Almir Barreto, da Petros Mongeral e Ricardo Santos, da Defensoria Médica, no Petrolina Palace Hotel.

Antes do início da atividade, o diretor do Simepe em Petrolina, José Alberto Vieira Rosa, saudou os médicos presentes e disse que era fundamental a aproximação do Sindicato com a categoria, possibilitando uma união de interesses coletivos, bem como avançar e conquistar novas vitórias.  O “Probem é mais uma força para que os médicos tenham uma vida melhor. Pensem melhor seu futuro”, assinalou.

Segundo o vice-presidente do Simepe, Fernando Cabral, uma dos objetivos da atual gestão é ampliar o debate com os médicos sobre a realidade no dia a dia enfrentada em cada região do Estado, para cobrar dos gestores públicos ações práticas e efetivas para melhorar o atendimento da população na rede pública de saúde. Ele aproveitou para questionar a criação de novas escolas médicas, a revalidação de diplomas e as inverdades sobre a ausência de médicos nas unidades de saúde; defendeu uma carreira  de Estado, concurso público, vencimentos compatíveis com o grau de responsabilidade e  locais de trabalho adequados todos os profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). “ É importante a participação e o engajamento do médico nas lutas sindicais. A casa do médico é o Simepe. Por isso, temos que lutar juntos, defender nossos direitos de forma organizada para sermos valorizados”, acentuou.

A secretária-geral, Cláudia Beatriz, afirmou que a realização da Semana Probem faz parte do Planejamento Estratégico  e, basicamente, visa apresentar para a categoria uma série de vantagens e benefícios do programa. “A finalidade é aproximar, expandir, buscar novos parceiros e promover inclusive seminários, jornadas e fóruns de produção científica para a classe médica”, ressaltou.

Em seguida foi exibido um vídeo mostrando ao médico associado como ele pode desfrutar do programa, utilizando a Defensoria Médica, o Plano de Saúde Unimed Recife, a Unicred Recife, a Rede UCI e o Plano de Previdência Privada SIMEPREV. Além desses benefícios, os médicos sócios também podem contar  por  exemplo com agência de turismo, companhias aéreas, diversão, moda, gastronomia, serviços e muito mais. Outras informações, através do portal: www.simepe.org.br/probem

O gerente comercial da Petros Mongeral, Almir Barreto, explicou aos médicos o funcionamento da previdência complementar como investimento no Imposto de Renda, tipos, principais diferenças,  fundos de renda fixa e compostos, entidades abertas e fechadas, além de taxas, tributação, portabilidade, entre outros.

Para finalizar, o advogado do Simepe, Ricardo dos Santos, comentou com detalhes sobre o andamento da garantia da efetivação da aposentadoria especial para os médicos servidores  contra o Estado de Pernambuco. Ele destacou que o Simepe vinha promovendo a execução do Mandado de Injunção que reconheceu o direito à aposentadoria especial aos médicos servidores do Estado; no pedido de execução, o Sindicato requereu que o Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE compelisse o Estado de Pernambuco a respeitar o direito do médico e a obedecer a ordem judicial, o que levou o Tribunal a dar um ultimato  ao governador do Estado de Pernambuco.

“O TJPE expediu oficio ao governador de Pernambuco, para que, no prazo máximo de 30 dias, de cumprimento a ordem injuntiva constante do acórdão, no sentido de aplicar o regramento do art. 57 da Lei n. 8.213/94 (Regime Geral de Previdência Social), que disciplina a aposentadoria especial dos médicos servidores públicos estaduais, enquanto não for encaminhado Projeto de Lei Complementar, regulamentando a matéria”, completou.