Na manhã desta segunda-feira (02/09), representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) participaram de reunião com os coordenadores médicos das equipes do Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Recife. O encontro aconteceu na Diretoria Executiva de Regulação em Saúde do município, onde foi discutido o Trabalho de Coordenação Médica da Atenção Primária (Cmasp).

Com o objetivo de gerir a atenção primária, o grupo explanou sua missão e suas metas referentes à atuação no cargo. Atualmente, Recife tem aproximadamente 130 unidades de saúde, com cerca de 270 equipes, e os coordenadores visam a melhoria dos indicadores epidemiológicos do município e a uniformização do processo de trabalho das equipes de saúde da família.

O diretor executivo do Simepe, Fernando Júnior, ressalta a importância do encontro para a saúde primária do Recife. “Agora temos uma ideia de como é esse cargo de coordenador médico, que é um cargo muito recente – o decreto que se cria será sancionado ainda nesta semana, e, se o trabalho dos coordenadores tiver o impacto esperado, deverá se transformar em Diretoria Técnica Médica em APS. Eles vêm para estruturar a rede em relação às questões de educação continuada, padronizar o modelo de atenção nas unidades de saúde e muito mais”, pontua.

69402113_982520218756894_3795276494247297024_n

“Foi uma vitória da categoria médica, do movimento dos médicos do Recife. Esse é um importante elo entre os médicos, os distritos e a gestão, que ajudará a otimizar o funcionamento das unidades de saúde e o atendimento ao munícipe”, complementa o diretor de Base Sindical, Rodrigo Lopes.

Os médicos da Rede Municipal de Saúde do Recife se reúnem em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) na próxima quarta-feira (04/09), às 9h, na sede do Simepe. Na ocasião, vão discutir condições de trabalho, segurança, coordenação médica, educação permanente, jornada de trabalho, além de outros assuntos.