Na última terça-feira (19/02), os diretores regionais do Simepe/Ouricuri Maria Aelma Pereira e Anderson Aquino, acompanhados pelo advogado João Araújo, levaram ao conhecimento do Ministério Público de Pernambuco – Promotoria de Justiça de Trindade a situação de descaso da Prefeitura com os médicos de vínculos municipais.

Na audiência, os diretores relataram sobre a falta de compromisso da gestão com os serviços de saúde e profissionais médicos, como: contratos precários e irregulares, não recolhimento dos valores referentes ao INSS, problemas com o 13º salário, entre outros direitos que desrespeitam a lei e o trabalho prestado pelos profissionais.

Diante da denúncia, a Promotoria informou que será iniciada uma apuração dos fatos e determinou a expedição de um ofício à Secretária de Saúde de Trindade para que sejam entregues ao Ministério Público cópias de todos os contratos firmados com os profissionais de saúde do município.

A reunião foi presidida pelo promotor de justiça Diógenes Luciano Nogueira Moreira.

Confira a ata da reunião: