Na tarde desta quinta-feira, 26/09, um grupo de médicos da UPA Torrões/Recife – integrante da Santa Casa de Misericórdia – participou de reunião na sede do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe). Sob a coordenação do secretário-geral, Tadeu Calheiros e do diretor de base, Rodrigo Rosas, eles discutiram sobre as condições de trabalho, principalmente o subdimensionamento da escala de plantão.

A unidade de saúde apresenta uma oferta expressivamente inadequado de médicos clínicos e pediatras para a alta demanda quantitativa e qualitativa, pois os profissionais – além de atender a demanda dos pacientes – tem que ir em transferências, quando necessário, e evoluir e atender intercorrências nas salas vermelha e amarela, o que torna o trabalho sobrecarregado.

Ao final das discussões foi deliberado  o encaminhamento de ofício para o coordenador administrativo da UPA, questionando o subdimensionamento da escala de plantão e a justificativa para tal, e ofício ao Cremepe solicitando fiscalização para averiguar o descumprimento de resoluções que regem o quantitativo médico de plantão.