Médicos que trabalham na Clínica Médica, Pediatria e Ortopedia da UPA Imbiribeira participam nesse momento de Assembleia Geral (AGE), na sede do Simepe. A pauta diz respeito ao atraso de salários, adequação de escalas, falta de insumos, insegurança, entre outros pontos. A AGE está sendo conduzida pelo vice-presidente do Simepe, Walber Steffano, com a participação dos diretores executivos, José Tenorio, Rodrigo Rosas e Lissandra Moura e do advogado Vinicius Calado, da Defensoria Médica do Simepe.

Além dos pontos de pauta, os profissionais se queixaram do excesso do número de atendimentos de pacientes, contrariando Resolução 01/2005 do Cremepe, bem como do funcionamento das salas vermelha e amarela, Resolução do CFM Nº 2079/14. Os médicos deliberaram por unanimidade o o envio de notificação à UPA Imbiribeira, através do Simepe, em relação aos pleitos acima mencionados e aguardam respostas num prazo de 72 horas. Caso contrário, serão encaminhados oficios ao Cremepe, Ministério Público de Trabalho e Secretaria Estadual de Saúde (SES). Uma nova AGE de avaliação e deliberação do movimento será realizada no próximo dia 16/09, às 15h, no Simepe