Na tarde desta segunda-feira (25) o presidente da Comissão Estadual de Honorários Médicos de Pernambuco (CEHM – PE), Mário Fernando Lins, coordenou uma reunião na sede do Conselho Regional de Medicina (Cremepe), localizada no Bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife. O objetivo do encontro foi discutir a posição da SulAméria quanto aos atendimentos de médicos mamografistas que trabalham com a Dra Norma Maranhão.

A reunião contou com a presença do diretor executivo do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Álvaro Campos, que também compõe a CEHM-PE, a presidente da Sociedade de Radiologia de Pernambuco, além do grupo de profissionais mamografistas.

O descredenciamento ocasionou uma perda significativa de postos de trabalho para médicos radiologistas e redução brusca no volume de pacientes atendidos e beneficiados pelos serviços prestados, prejudicando, consequentemente, toda a categoria. De acordo com documento enviado pela Sociedade de Radiologia de Pernambuco à SulAmérica, no caso específico da natureza essa área de atuação, estes médicos dependem dos serviços de radiologia para exercerem livremente suas habilidades. Já o Colégio Brasileiro de Radiologia, em seu parecer, defende que o médico tem a obrigação de usar o melhor do progresso científico em benefício do paciente.

A seguradora, após realizar levantamentos comparativos acerca dos atendimentos, deliberou que o grupo continuará credenciada pela SulAmérica e com evolução acompanhada a fim de atingir aos padrões de atendimentos similares aos praticados nacionalmente. A decisão, comemorada pela classe, foi vista pelo presidente da CEHM-PE como resultado da “transparência e união do grupo”.