Médicos aprovados em concurso da Prefeitura do Recife, na área de Estratégia de Saúde da Família (ESF), se reuniram novamente, nesta quarta-feira (04/07), com o presidente do Simepe, Tadeu Calheiros e o advogado Vinicius Calado, da Defensoria Médica (DM), na sede da entidade sindical, no bairro da Boa Vista.

Durante a reunião, o presidente Tadeu Calheiros, pontuou sobre a resposta do secretário de Saúde, Jailson Correia, através de oficio nº 0448, de 29/06/18, a respeito de informações acerca das Unidades de Saúde da Família, número em pleno funcionamento, existência de unidades sem médicos e quantidade com médicos do “Programa Mais Médicos” do Governo Federal.

Segundo a PCR, hoje, existem 130 unidades de saúde em pleno funcionamento, e 14 em reforma, com um quadro de 231 médicos nesses postos, 4 residentes (R1) lotados na mesma equipe de seus preceptores e outros 227 médicos servidores; 32 profissionais atuam no “Mais Médicos”

Mesmo com essas informações oficiais, os médicos cobraram dos gestores de saúde do Recife, o chamamento urgente, visto que no edital há a garantia de uma convocação mínima que ainda não foi cumprida. Além disso, os profissionais relatam que existe vacância comprovada nas unidades da rede municipal de saúde. Após a reunião, ficou definido que a categoria e a direção do Simepe voltam a se reunir no dia 25 de julho, às 14h, na sede do Sindicato, para definir os rumos do movimento.